top of page

10 Motivos Para Se Vestir Melhor

Vestir é um gesto diário. Esse hábito pode ser feito de maneira consciente ou inconsciente.

Na ponta do lápis de uma agenda cheia e um dia corrido, a última coisa que a gente quer, é perder tempo pensando e provando roupas. Não é mesmo?

Nestes casos, as chances de você vestir algo que não te deixa tão bem, usar muitas roupas confortáveis porém não tão elegantes, ou cair na velha sensação de estar sempre com a mesma roupa, são grandes, pois você está fazendo isso no piloto automático.


O vestir no modo piloto automático acessa a parte inconsciente do seu cérebro e a última coisa que ele quer fazer é sair da zona de conforto, pensar sobre o que usar e quebrar a cabeça com algo novo. Sendo assim, ele vai agir exatamente desta maneira, atuando como quando em um ciclo vicioso, no estilo "vou com qualquer roupa mesmo".


Se o seu cérebro está programado para não se importar com o fato de vestir, é isso que ele vai continuar repetindo inconscientemente e se você deixar, até o resto da sua vida.


Mas na vida, você não quer ser tratada(o) de qualquer jeito.

Também tenho certeza que não quer receber um olhar e uma atenção qualquer.

Se isso já acontece com você, agora sabe que um dos principais motivos está neste hábito inconsciente que faz todos os dias e a chave para mudar esta situação depende de você.


A boa notícia é que se você está aqui, eu sei que está buscando maneiras de quebrar este ciclo vicioso, mudar esta situação e fazer um upgrade na sua imagem pessoal e por consequência também na maneira como é vista(o) e tratada(o).


Então se você deseja conquistar sua independência no estilo e ser dona(o) de um vestir de respeito e autêntico, e quando eu digo autêntico é:

- Sentir-se bem com o que usa;

- Causar o impacto que deseja;

- Conectar-se com quem você quer de maneira única;


Saiba que um passo muito importante é se vestir bem!

Para isso você não precisa ter mais dinheiro, porque o que eu quero trazer aqui para você são atitudes, o famoso mindset e se fizer sentido pra você, vai provocar reflexões, que consequentemente irão mudar sua maneira de pensar, impactando diretamente nas escolhas que faz na hora de se vestir e por consequência na maneira como se apresenta, como é visto(a) e tratada(o).


O que faz a diferença aqui é você trazer consciência e presença.


Agora amos aos 10 motivos que você precisa conhecer!


1 Beleza é Sinônimo de Cuidado

Tratar-se com carinho e zelo é sinônimo de cuidado e isso gera em você um ar de satisfação que transparece. Se apresentar sempre bem cuidada(o) para alguém mostra o quanto nos importamos com a gente, é como dizer "eu me amo e me cuido" sem precisar falar.

O outro consegue fazer esta leitura do seu comportamento e postura e passa a respeitar seus valores, como por exemplo o cuidado que você tem com você mesma(o).


2 Beleza como Sinônimo de Respeito e Empatia

Há que pense que o vestir é algo individual. Detesto te desapontar mas para estar bem arrumada(o), você deve pensar no outro também.

Por isso, ao vestir-se você precisa pensar se a roupa está adequada ao lugar que vai e principalmente levar em consideração que valoriza a relação com o outro.

Da mesma maneira que se arruma para um compromisso de trabalho, para encontrar as amigas ou atender um cliente, pode se arrumar para o seu parceiro(a). Esta atitude comunica que você respeita e admira a pessoa o suficiente para se apresentar de maneira adequada a ela.

É sinônimo de eu me respeito também.



3 A Roupa Fala

Isso mesmo, nossas roupas fazem parte do que chamamos de linguagem não verbal, muito utilizada por nós seres vivos (os animais também usam. Quer um exemplo? O pavão), dentro desta linguagem estão: roupas, a postura, o tom de voz, o olhar, etc.

Cores, tecidos, modelagem, estilos fazem parte desta comunicação do vestir. Já parou pra pensar no que você está comunicando quando se veste?

Uma pessoa bem vestida inspira muito mais confiança e segurança. E por mais que você ainda não tenha tanta segurança assim, a moda pode dar aquela ajudinha que falta para você se sentir melhor através de roupas estratégicas que comunicam poder. Como diria Amy Cuddy "Fake it until you make it", algo em tradução literal que diz, finja até que você tenha sucesso.


4 Identidade Única

Moramos em um país ultra miscigenado e com uma das culturas mais inclusivas do mundo. Desista de uma vez por todas de se vestir como se fosse 100% loira, magra e alta a menos que você tenha nascido assim. Não tente se enquadrar em padrões impostos que não fazem sentido para você.

Eleja os seus, descubra o que faz sentido para você, reconecte com suas origens.

Ao aceitarmos nossas origens e tirarmos proveito das nossas características, podemos ficar ainda mais incríveis e criar nossa identidade única, nossa marca registrada, aquilo que melhor nos representa.



5 Moda Democrática

Foi-se o tempo em que mulheres tinham que usar vestido, corselet e saia e homens elegantes e respeitados usavam terno. A moda se democratizou e vem quebrando cada vez mais as regras que um dia foram vistas como verdades únicas. Isso significa que você não precisa mais usar só aquele tipo de calça que está na moda porque você encontrará infinitos modelos de calças disponíveis para você. Eleja o que combina com você, favorece seu corpo e sinta-se incrivelmente bem e confortável.



6 Tamanho Não É Documento

Etiqueta não define beleza e tamanho não é documento. Se você tem um corpo diferente do padrão que a maioria das pessoas têm, isso não é motivo para ter vergonha, para sentir-se mal ou inferior.

Tudo o que você precisa fazer para se vestir bem, tendo um corpo maior ou menor, mais alto ou mais baixo do que a maioria das pessoas que conhece ou que vê, é aceitar-se e ver quanta beleza e atributos incríveis você tem.

Encare como uma condição momentânea que a qualquer momento pode mudar (quando você quiser e se puder), mas nem por isso vai deixar de se arrumar, de estar sempre maravilhosa(o), cheirosa(o) e bem vestido (a), lembre-se, é sinônimo de cuidado, respeito e valor.

Se você se dá, os outros também a darão.



7 Desafiar-se é se sentir vivo(a)

Sabe quando nos desafiamos, fazemos algo que dá um pouquinho de medo, mas ao quebrar esta barreira e vencer nos sentimos tão bem, muito mais confiantes e até verdadeiramente vivos? A moda também pode te proporcionar isso quando você sai da sua zona de conforto. Deixa o preto e o cinza um pouco de lado, resolve se arriscar, inovar, fazer diferente, experimentar porque você pode e consegue fazer muito mais do que isso.


Um pouco de crítica e um pouco de criatividade permite nascer novas linguagens.

Isso vai acontecendo aos poucos. A medida que você vai se conhecendo e começando a se permitir arriscar um pouquinho mais, a cada dia.

Até que sinta-se preprada(o) para alcançar vôos mais altos.



8 Quebrar paradigmas

A moda sempre esteve envolvida em momentos importantes da história: símbolo de status e poder na Idade Média, na histórica queima dos sutiãs, no movimento punk e da anarquia. A moda também funciona como ponto de quebra, ruptura, provoca discussões, traz reflexões. Cada dia mais real, a quebra de padrões nos convida a pensar definitivamente no que faz sentido e se vale a pena manter tudo o que acreditamos como certo ou ideal.

Quando é o momento de mudar?

Quando é o momento de quebrar nossos próprios preconceitos e se reinventar?


9 Inspire

Em suas origens, a roupa surgiu como elemento funcional, de proteção e depois passou a ser uma vitrine do emocional. Hoje, a roupa ganha um novo status, o caráter inspiracional!

O que você mais gosta em si?

Quem você quer ser?

O que tem de melhor?


Lembrando que a moda não realça apenas seus atributos físicos, com ela, você também pode comunicar seus valores e o que mais aprecia em si mesma(o).

Seja generosa e compartilhe o que você tem de melhor e facilite esta comunicação e conexão com a moda.

Pois sim, é possível inspirar outros através da sua imagem!



10 VOCÊ

Deixei o 10 argumento para você me contar, qual é o principal motivo que te leva a se vestir bem quando o faz? Em que pensa?

Qual é o seu maior sonho? Você o traduz isso em suas roupas?



2.543 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page