5 Dicas Para Você Se Sentir Mais Confiante Na Hora de Escolher Sua Roupa

Atualizado: 24 de Set de 2019

"Todo dia ela faz tudo sempre igual,

me sacode às 6 horas da manhã,

me sorri um sorriso pontual

e me beija com a boca de hortelã."

Trecho da música Cotidiano - Chico Buarque


Escolher roupas é algo que fazemos todos os dias, faça chuva ou sol. Inverno e verão. Para cada momento existe uma maneira de pensar e a menos que você more em uma colônia de nudismo, não tem como fugir, você vai ter que se vestir.


Dependendo da ocasião, quando se trata de algo mais importante, nos sentimos pressionados, dúvidas e inseguranças começam a surgir assim como o medo de errar.

Fazer com tempo, calma e consciência acaba te deixando mais confiante na hora de escolher sua roupa e aumenta as chances de você acertar na escolha e sair de casa mais confiante.


Outro momento que é fácil errar é quando precisamos ser rápidos e aí escolher sob pressão e com pouco tempo é algo que pode paralisar nossos pensamentos, não é mesmo?


Preparei este post com 5 dicas, que cabem nos dedos da sua mão para te ajudar a formular um raciocínio que você pode usar na hora de escolher a roupa, independente se o prazo que você tem para elaborar sua roupa for curto ou longo e que com certeza, você te dará mais chances de acertar.

E apelidei ele de MELDT - para não esquecer lembre-se de DERRETER em inglês, que se fala MELT.


Mensagem

Vamos começar com o primeiro aspecto, que é muito importante e que vai fazer você "mergulhar na viagem" de escolher a sua roupa sem precisar contratar uma consultora de moda e pagar uma fábula, que não é o meu caso viu gente!

Brincadeiras à parte, é muito importante que você se pergunte:

- Que mensagem você quer passar sem precisar falar uma palavra?

- Você precisa ser o centro das atenções, talvez um convidado especial ou precisa estar apenas elegante e condizente com o momento?

- Quais as características da sua personalidade que você gostaria de enaltecer?

- O que me faria conectar com a pessoa com a qual vou me encontrar? (no caso de encontros, reuniões ou entrevistas)


Empatia

E por falar em conexão...

É muito bom ter opinião. Autoconfiança. Segurança. Saber o que queremos e do que gostamos.

Mas quando o compromisso é importante e a tomada de decisão está nas mãos de outra pessoa, como por exemplo em uma entrevista de emprego ou em uma importante reunião de negócios como citei acima, vale a pena pensar no outro e se vestir de acordo com o ambiente ao qual você irá e respeitar os valores daquela pessoa ou organização.


Com a internet hoje não tem mais desculpas, estude antes de ir. Fazer uma pesquisa sobre a empresa ou os negócios em questão te ajuda a saber o que você encontrará pela frente e em que tipo de ambiente estará. Além de contar pontos para mostrar a outra parte o seu interesse sobre ela.

Se for uma empresa conservadora, chegar lá com uma roupa extremamente moderna, pode causar estranhamento e até olhares que irão te deixar desconcertado (a).

Não que isso vá diminuir suas qualidades, mas olhares intimidadores podem afetar o seu desempenho e não se esqueça que causar uma boa impressão conta muitos pontos para quem vai decidir no final.


O mesmo se aplica para o outro lado da moeda, que é o caso das empresas muito modernas e inovadoras, como por exemplo as do setor de tecnologia, por mais descontraído que seja o ambiente e as pessoas, quando se trata de negócios, empresas que não estão no meio ainda buscam confiança.


Local

Tão importante quanto saber com quem você vai se encontrar/falar é se informar sobre o local do seu compromisso. E isso pode ser tanto perguntando para alguém que já esteve lá, quanto dando um famoso "google" ou até olhando a # do lugar. Faz calor? Faz frio? Venta? Como é o chão? Isso já vai te ajudar a pensar em possíveis opções.


Detalhes

Para finalizar, uma das frases que mais falo e que não me canso de falar: "São os detalhes que fazem a diferença."

Você não precisa ter muito dinheiro para estar sempre com uma boa aparência, então capriche nos detalhes!

- Cuide dos seus sapatos, cintos, óculos, bolsas e relógios, mantenha-os sempre limpos, engraxados, hidratados, isso vale para os cadarços também;

- Não use roupas amassadas, largas, com pequenos furos, com falta de ajustes ou gambiarras mesmo que você ache que ninguém irá perceber!! Caso necessário, leve a peça pendurada até o local e se troque dentro do carro por exemplo para evitar que ela fique excessivamente amassada.


- Para dar personalidade a sua roupa, você pode adicionar um lenço, um acessório diferenciado, uma bolsa, um sapato ou até um par de meias discretamente divertidas... Tudo vai de acordo com a imagem que você quer criar e a mensagem que você quer passar.


Tempo

Agora a chave mestra para que tudo isso dê certo: Organize-se.


Quando temos pouco tempo, acabamos tomando as decisões protetivas, normalmente acabamos na nossa zona de conforto e quando há pressa, deixamos inclusive passar pequenos detalhes que podem ser cruciais para a pessoa que o verá do outro lado.

É importante saber quanto tempo você terá para se arrumar antes de se deslocar até o local.

Quando o compromisso for muito cedo, vale a pena deixar tudo separado na noite anterior.

E se você nunca tiver usado a roupa em questão, vale a pena provar e ver como ela se comporta em você. Uma coisa é comprar uma roupa que estava muito bem montada e bonita no manequim ou no corpo de uma modelo, a outra é como ela se comporta em você, no seu corpo, sua pele, cabelo, etc.

Leve em consideração também se você ficará sentado ou em pé. Roupas e sapatos se comportam de maneira diferente e se precisar, coloque uma cadeira na frente do espelho para fazer este teste.


Se você lembrar destas 5 dicas e tiver as respostas para as perguntas acima, tenho certeza que você terá êxito e conseguirá elaborar a roupa perfeita para sua ocasião.


Agora seguro (a) e consciente, tudo fica muito mais fácil!


Boa sorte.


30 visualizações

+55 48 999117262

©2019 by Marcela Baldissera Moda. Proudly created with Wix.com